Marcelo Miranda é apontado como um dos candidatos que poderão ser eleitos em 1º turno

Para definir as eleições no dia 5 de outubro, um candidato deve ter 50% dos votos válidos (sem brancos e nulos), mais um voto

Em lista divulgada pelo jornal “Folha de S. Paulo” com os Estados onde a decisão quanto ao governador tem grandes chances de ter fim no dia 5 de outubro, em 1º turno, aparece o candidato ao governo de Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB). O candidato está em primeiro lugar no Estado, com 48% das intenções de votos.

Junto com Marcelo Miranda, entre os candidatos que devem ser eleitos ainda no 1º turno, estão Raimundo Colombo (PSD), de Santa Catarina, com 52%; Geraldo Alckmin (PSDB), de São Paulo; Wellington Dias (PT), do Piauí, com 49%; Flávio Dino (PC do B), do Maranhão, com 48%; Fernando Pimentel (PT), de Minas Gerais, com 44%; Renan Filho (PMDB), de Alagoas, com 43%; Pedro Taques (PDT), de Mato Grosso, com 43%; e Paulo Hartung (PMDB), do Espírito Santo, com 42%.

Segundo lista, a disputa em Goiás, afunilada entre o candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB) e o peemedebista Iris Rezende, pode ter que ser decidida em 2º turno. O veículo colocou o tucano com 38% das intenções de votos e Iris com 28% – um pouco diferente do que foi divulgado nas últimas pesquisas, como a Fortiori, onde Marconi está com 42% e Iris com 24%. Já na Ibope, Marconi está com 39% e Iris com 25%.

Para definir uma eleição em 1º turno, o candidato deve ter 50% dos votos válidos (sem brancos e nulos), mais um voto.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.