Mãe de criança baleada no pescoço, em Aparecida de Goiânia, é autuada por receptação

Após várias versões apresentadas pela mulher, polícia constata que tiro foi efetuado na casa de ex-companheiro, que não é pai da criança

Foto: Divulgação | Cedida ao Jornal Opção

A Polícia Civil informou por meio de nota, que a mãe da criança de dois anos e oito meses baleada na tarde deste domingo, 24, em Aparecida de Goiânia, Carita Cristine Alves, foi autuada em flagrante por receptação, após serem encontrados vários objetos roubados em sua residência.

Após apresentar várias versões sobre o caso, Carita Cristine Alves será ouvida novamente nesta segunda-feira, 25. Por isso, a delegada Edilaine Moreira dos Santos, da Delegacia Regional de Aparecida de Goiânia, irá se manifestar apenas após oitiva de Carita.

A primeira versão apresentada pela mãe dizia que a criança foi baleada em um bar durante uma suposta tentativa de assassinato no Jardim Tiradentes, em Aparecida de Goiânia. A polícia esteve no local e constatou inconsistências no relato de Carita.

Uma segunda versão, também apresentada pela mulher, diz que filhos brincavam com a arma quando foi realizado o disparo acidental.  No entanto, a polícia apurou que o tiro foi efetuado na casa do ex-marido de Carita, no Jardim Cascata, que não é pai da criança. Para os investigadores, o menino pode ter sido baleado pelo ex-companheiro de Carita, após uma discussão entre o casal.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO), a mãe do menino o levou de carro para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia, para receber os primeiros socorros.

Da UPA, a criança que foi alvejada com pelo menos um disparo na altura do pescoço foi transportada de helicóptero para Hospital de Urgências da Região Noroeste Governador Otávio Lages de Siqueira (Hugol). A vítima segue internada na unidade em estado regular e respira sem a ajuda de aparelho.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.