Jogo estava marcado para as 16h e é válido pelo Campeonato Brasileiro

Foto: Reprodução /Flamengo (Alexandre Vidal, Marcelo Cortes & Paula Reis)

A partida entre Palmeiras e Flamengo continua judicializada. Neste domingo, 27, o Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro indeferiu o mandado de segurança da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e manteve a decisão de adiar a partida. O jogo estava marcado para as 16h e é válido pelo Campeonato Brasileiro.

Logo depois, um recurso da CBF no Superior Tribunal de Justiça também foi rejeitado. A CBF afirmou que o Sindeclubes não tinha legitimidade para a ação, pois não representa atletas profissionais de futebol.

A decisão foi tomada após uma ação do Sindeclubes, sindicato que representa funcionários de clubes do Rio de Janeiro, em alega “risco elevado de contágio” de coronavírus.

O elenco do Flamengo registrou um surto de Covid-19, com 33 casos, incluindo atletas, comissão técnica e dirigentes. Os contágios aconteceram durante passagem da delegação pelo Equador para jogo contra Independiente del Valle.

A delegação do Flamengo está em São Paulo desde a tarde de sábado.