Jovens gravam vídeo dirigindo carro da PM em Jataí e depois pedem desculpas; assista

Eles foram detidos, mas liberados logo após prestarem depoimentos e gravarem um pedido de desculpas

Foto: divulgação/ vídeo

Foto: divulgação/ vídeo

Três jovens foram detidos em Jataí, 327 quilômetros de Goiânia, após a polícia da cidade ver um vídeo que eles gravaram dirigindo uma viatura da Companhia de Patrulhamento Tático (CPT) da Polícia Militar de Goiás. Sem passagem pela polícia, os três prestaram depoimento, gravam outro vídeo pedindo “desculpas” para a corporação, e foram liberados em seguida.

Nas imagens, divulgadas por WhatsApp e também pelo Facebook, dois garotos estão na viatura, enquanto o terceiro grava. “E aí, galera do zap-zap [nome que se refere ao aplicativo WhatsApp]! Pela primeira vez no banco da frente. Aqui ‘é nóis’, maluco”, diz um deles, que está no banco do motorista.

De acordo com a Polícia Civil de Jataí, apenas um é funcionário do lavajato. Depois que o vídeo obteve ampla divulgação, a polícia chegou aos jovens, já que a CPT sabia de qual lavajato se tratava.

Antes de deixarem a delegacia, outro vídeo foi gravado, em que os três pedem desculpas. “Quero pedir ‘procês’, principalmente pelo que ‘nóis’ fez; não foi certo, e eu tô arrependido muito; não vou fazer isso mais. Eu sei que foi muito errado. Peço desculpas para todos os policiais de Jataí e do Estado de Goiás” [sic], afirma um deles.

A delegacia regional de Jataí vai abrir investigação para saber se eles serão tipificados em algum crime.

Veja os vídeos:

Deixe um comentário