Jovair garante que prévias do Centrão estão mantidas e que PSD estará na disputa

Deputado federal afirmou que seu nome também já foi oficializado e que partido de Rosso não vai lançar candidatura independente

Deputados Rogério Rosse (PSD) e Jovair Arantes (PTB): presidente e relator do impeachment | Foto: Marcelo Camargo / ABr

Deputados Rogério Rosso (PSD) e Jovair Arantes (PTB): presidente e relator da comissão do impeachment de Dilma| Foto: Marcelo Camargo / ABr

O deputado federal Jovair Arantes (PTB) garantiu, em entrevista ao Jornal Opção, que as prévias do Centrão não serão canceladas após a confirmação da candidatura de Rogério Rosso (PSD-DF) à presidência da Câmara dos Deputados. Segundo ele, Rosso será o nome do PSD para a disputa interna.

“Essa oficialização não altera nada, porque cada partido certamente tem seus interesses e a prévia tem como objetivo afunilar e garantir o apoio de todas as siglas. Se houver a prévia e ele ganhar, ele pode ser o candidato”, explicou. O deputado afirmou ainda que seu nome também já foi definido pelo PTB.

Questionado sobre a possibilidade de que o PSD resolva seguir com o nome de Rosso mesmo que ele perca as prévias do Centrão, Jovair acredita ser remota. “Aqui na Câmara tem que ter palavra. Se o PSD não cumprir o acordo, perde lugar na mesa diretora, por exemplo, que vai contemplar os outros partidos que não levaram a presidência”, explicou ele.

Inicialmente prevista para esta quinta-feira (1º/12), a oficialização dos nomes que disputarão a prévia foi adiada para a semana que vem. A data certa ainda não foi definida, segundo Jovair, porque alguns partidos ainda estão em processo de resolução de questões internas.

Fazem parte do Centrão as siglas PP, PR, PSD, PTB, PROS, PSC, SD, PRB, PEN, PTN, PHS e PSL, que somam 219 deputados. A proposta da prévia visa conseguir apoio necessário para vencer a disputa mesmo contra o atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Embora exista um parecer da assessoria da Câmara que afirme que a regra que impede a reeleição em uma mesma legislatura também vale para mandatos-tampão, Maia ainda tenta se viabilizar.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.