José Vitti é empossado presidente da Assembleia Legislativa de Goiás

Em discurso, tucano enalteceu trabalho de seu antecessor, deputado Helio de Sousa, e propôs gestão participativa

Foto: Alexandre Parrode/Jornal Opção

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Helio de Sousa (PSDB), empossou, na manhã desta quarta-feira (1º/2), o deputado José Vitti (PSDB) como o novo presidente do Legislativo Goiano. Vitti, até então responsável pela liderança do Governo na Casa, foi eleito em junho do ano passado para comandar a Mesa Diretora durante o biênio 2017/2018.

Durante discurso, o novo presidente enalteceu o trabalho de seu antecessor e propôs uma gestão participativa. “Helio de Sousa foi fundamental para resgatar a auto estima desse poder. Quero dizer que, no momento de dificuldade que enfrentamos, essa eleição de consenso me trouxe uma responsabilidade maior. Para tanto, essa cadeira será dividida com mais 40 deputados, e decisões serão em conjunto”, discursou.

Antes de empossar Vitti, Helio de Sousa, durante pronunciamento, realizou breve balanço de sua gestão com destaque para a adoção de uma política de redução de gastos, a qual, segundo o tucano, economizou cerca de R$ 100 milhões nos últimos dois anos.

“Hoje temos maior transparência na Alego, com a instalação do ponto eletrônico, recadastramento do pessoal e auditagem diária de servidores. Entendo que aquilo que poderíamos fazer, fizemos”, comemorou o parlamentar.

Participam da solenidade de posse o governador Marconi Perillo (PSDB); o vice-governador José Eliton (PSDB);  o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), Gilberto Marques Filho; o secretário municipal Samuel Almeida, representando o prefeito Iris Rezende (PMDB); o vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seção Goiás (OAB-GO), Thales Jayme; o presidente do Tribunal de Contas do Estado e do Município, Kennedy Trindade e Joaquim de Castro; dentre outras autoridades.

Mesa diretora

A nova mesa diretora da Casa passa a ser composta pelos deputados Mané de Oliveira (PSDB), 1º vice-presidente; Henrique Arantes (PTB), 2º vice-presidente; Bruno Peixoto (PMDB), 2º secretário; Lincoln Tejota (PSD), 3º secretário e Humberto Aidar (PT), 4º secretário.

Com a decisão do ex-presidente do Legislativo, deputado Helio de Sousa, de renunciar à primeira secretaria, uma nova eleição será realizada ainda nesta quarta-feira, logo após a solenidade de posse. O nome cogitado para assumir a vaga é do também tucano Júlio da Retífica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.