Infectologista afirma que novo medicamento aprovado pela Avisa no tratamento da Covid-19 reduz o tempo de internação dos pacientes

O Remdesivir é o primeiro antiviral aprovado no país  a ter recomendação em bula para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta sexta-feira, 12, o antiviral experimental remdesivir para o tratamento da Covid-19 no Brasil. O remédio é o primeiro antiviral aprovado no país  a ter recomendação em bula para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

De acordo com a infectologista Ana Beatrix Ferreira Caixeta, o remdesivir é uma possibilidade terapêutica que a princípio os estudos têm mostrado, principalmente, a redução do tempo de internação dos pacientes. “É o primeiro antiviral que nós temos no momento, especificamente, para o tratamento do coronavírus, mas é tudo muito novo. Um primeiro passo importante foi dado. Temos agora uma opção de droga, com a possibilidade de mais estudos sobre os  efeitos”.

Ana Beatrix avalia que a autorização dada pela Avisa pode facilitar a aquisição do medicação para o país. O  fabricante do produto, a farmacêutica Gilead, ainda segue em negociações com o Ministério da Saúde para definir, entre outros tópicos, o preço do fármaco no país.

Cloroquina e Ivermectina

Para a infectologista, diferentemente do que foi discutido sobre outros medicamentos, o remdesivir tem estudo e comprovação científica dos benefícios e da eficácia em pacientes internados vítimas da Covid-19, antes do quadro evoluir para a ventilação mecânica.   

“A cloroquina e a evemectina  não tiveram estudo e comprovação em nenhuma fase da doença. Seja na prevenção, tratamento ou para evitar complicação e agravamento do quadro clínico do paciente. Apenas criaram rótulos nessas medicações como sendo milagrosas ou resolutivas. Agora, estamos falando de uma medicação que mostrou um benefício real”, pontuou Ana Beatrix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.