Imprudência causa seis mortes nas BRs goianas durante o feriado de Tiradentes

Acidentes do fim de semana prolongado envolveram álcool, alta velocidade e ultrapassagens irregulares

Seis pessoas morreram em acidentes em BRs goianas no feriado de Tiradentes | Foto: Divulgação / PRF

A Polícia Rodoviária Federal divulgou na manhã desta segunda-feira (24/4) o balanço dos últimos três dias nas BRs do estado de Goiás. Em comparação ao último feriado de páscoa (dias 14, 15 e 16), que também aconteceu em uma sexta-feira, sábado e domingo, foi registrado durante o feriado de Tiradentes uma redução no número de acidentes, mas um aumento na gravidade das ocorrências.

Enquanto na Semana Santa ocorreram 50 acidentes, com 51 feridos e 02 vítimas fatais, no feriado de Tiradentes aconteceram 36 acidentes, com 20 feridos e 06 mortes.

A PRF flagrou quase 3 mil casos de condutores em excesso de velocidade, alguns deles a mais de 150 km/h. Também foram flagradas pelos policiais mais de 400 casos de ultrapassagens irregulares e alguns eventos envolvendo bebida alcoólica, especialmente em cidades turísticas de Goiás, como Pirenópolis.

No final de semana a PRF realizou quase 5 mil fiscalizações de veículos e 1862 testes de embriaguez. No total, foram lavradas 7126 autuações de trânsito, tendo se destacado o excesso de velocidade (2800 casos), a ultrapassagem em local indevido (424) e a falta do uso do cinto de segurança (209).

Acidentes com vítimas fatais

O segundo final de semana prolongado do mês de abril foi marcado por muita violência nas rodovias federais goianas. No total, 6 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito.

O primeiro acidente grave aconteceu no sábado, por volta de 11h30, na BR 414, que liga a região de Anápolis a Pirenópolis. O acidente ocorreu no km 331, próximo ao povoado de Planalmira, e vitimou Jossier Santana, mais conhecido como “Espectro”, produtor de marketing do Villa Mix. O motociclista, de 35 anos, perdeu o controle de sua motocicleta em uma curva, quando o veículo de alta cilindrada seguiu reto pela vegetação e colidiu-se com uma árvore. Espectro foi socorrido ainda com vida e levado para o Hospital de Urgências de Anápolis, mas não resistiu.

O segundo evento fatal aconteceu também no sábado, às 16h45, no km 308 da BR 153, em Rialma. Uma senhora de 51 anos seguia de Goiânia para Itapaci, em um Fiat Pálio, levando um conhecido que tinha feito cirurgia nos olhos, quando o parabrisas de seu veículo foi atingido por uma peça do freio de um caminhão, que se soltou e atingiu em cheio o rosto da condutora, que faleceu em seguida. Após ser atingida, ela perdeu o controle do veículo que saiu da pista e capotou. No carro também viajavam outras duas pessoas que sofreram lesões leves.

O terceiro acidente grave aconteceu em Anápolis, ainda na noite de sábado (22). No km 435 da BR 153, perímetro urbano dessa cidade, um ciclista foi atropelado por um veículo não identificado. O ciclista aparentava ser idoso, mas o documento que foi encontrado com ele era de um homem com menos de 40 anos. O corpo foi levado para o IML de Anápolis.

Os outros dois acidentes graves do final de semana, que deixaram três vítimas fatais, ocorreram no domingo (23). O primeiro deles na BR 414, km 413, entre um Jipe SSangyong Korando e uma motocicleta CG 150 Titan.

No jipe, que era conduzido por um jovem de 23 anos, seguiam dois casais. Eles seguiam de Pirenópolis para Morrinhos, onde residem. Na moto seguia um homem de 40 anos, morador da região de Planalmira. Ele vinha de um jogo de futebol em Anápolis e ia para casa. O jipe, sem motivo aparente, passou a transitar na contramão de direção. A motocicleta, segundo testemunhas, oscilou entre transitar no acostamento ou na pista e acabou colidindo com o veículo.

O motociclista foi arremessado do veículo e morreu na hora. No SsangYoung ninguém ficou ferido. O condutor fez teste de alcoolemia, mas não estava embriagado.

O último acidente grave do final de semana aconteceu na BR 080, km 179, município de Uruaçu, no domingo à noite. Na ocasião, segundo testemunhas, um VW Gol foi realizar uma manobra de ultrapassagem, invadiu a pista contrária, girou sobre a pista e a traseira do veículo colidiu-se com uma caminhonete Ford Ranger. Dentro do VW Gol estavam dois homens que saíam de uma chácara e iam para Uruaçu, onde residiam. Segundo testemunhas, eles haviam ingerido bebidas alcoólicas na chácara em que estavam.

No Ford Ranger havia uma família com quatro pessoas, que seguia no sentido oposto, duas pessoas ficaram com ferimentos leves. Os corpos foram levados para o IML de Uruaçu. A PRF ainda não tem a identificação completa dos homens que perderam a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.