Homem é preso pela segunda vez por estuprar enteada portadora de Síndrome de Down

Acusado já havia sido preso anteriormente por abusar sexualmente da mesma vítima

Policiais civis da Delegacia da Mulher de Jataí deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva na tarde desta terça-feira (10). A medida foi expedida pelo Juizado da Violência Doméstica de Jataí, em desfavor de A.C da S.

O investigado é suspeito de praticar os crimes de tortura e estupro contra sua enteada de 42 anos, portadora de síndrome de down. O autor já foi preso anteriormente por abusar sexualmente da mesma vítima, porém voltou a praticar fatos semelhantes, ensejando a expedição do novo mandado.

Após o cumprimento do mandado de prisão o investigado foi interrogado e encaminhado à Unidade Prisional de Jataí, onde permanece à disposição do Poder Judiciário. O cumprimento do mandado se deu de forma rápida, graças à agilidade na decretação da prisão pelo Juizado da Violência Doméstica após parecer favorável do Ministério Público. As investigações seguem na Delegacia da Mulher de Jataí.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.