Hidrelétrica de Itumbiara gera menor quantidade de energia dos últimos 20 anos

Geração é menor do que em agosto de 2001, quando houve o apagão.

Hidrelétrica de Itumbiara opera menor quantidade de energia dos últimos 20 anos. | Foto: reprodução.

A usina hidrelétrica de Itumbiara gera menos energia atualmente do que em agosto de 2001, quando houve o apagão no Brasil. A unidade, que fica no sul do estado, é a maior de Goiás.

O site G1 informou que a geração média de energia, na última segunda-feira (6), foi de 388 MW. O número corresponde a 19% da capacidade total. Além disso, a unidade, que opera com nível de água em 11% nos últimos 20 anos, passou a trabalhar com 10%.

Em 2001, quando houve o apagão, o nível do reservatório era de 11,8%. O G1 informou, ainda, que, de acordo com um especialista da área, a potência suficiente para suprir a demanda de uma cidade com cerca de 1 milhão de habitantes é de 500 MW.

O site publicou dados sobre o nível de reservatório e de produção de dez hidrelétricas de Goiás. A usina de São Simão está com volume útil de 20%, a de Serra do Facão, com 24%. Ao lado da unidade de Itumbiara, são as que operam em menor número.

Para o especialista Victor Bitencourt, engenheiro elétrico consultado pelo G1, a solução seria investir em outras fontes de energia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.