Grupo denuncia “atentado” contra boneco inflável do Lula. Veja momento do ataque

Episódio deve atrapalhar planos de turnê do Pixuleco por todo o País

Tarde movimentada em São Paulo, na região próxima ao Viaduto do Chá. Uma mulher esfaqueou o boneco inflável do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, conhecido como “Pixuleco”, o que gerou revolta entre manifestantes.

A denúncia é do “Revoltados On-line”. No Facebook, o grupo disse que já procurou a polícia para prestar queixa. “Estamos na delegacia neste momento! Queremos os bandidos na cadeia. Fora Dilma”, diz a publicação.

O “atentado” ao boneco inflável deve atrapalhar os planos da turnê nacional que o grupo “Movimento Brasil Livre” preparava para Pixuleco.

A primeira aparição do “Lula Inflável” foi durante o protesto contra o governo federal realizado em Brasília, no dia 16 deste mês. O boneco de R$ 12 mil ficou famoso na web e chegou a virar meme nas redes sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Kepler Tiburcio

This is PETRALHAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!