Adequação estabelece cláusulas e cronograma de prazos, além de revisar metas e planos de investimentos e garantir reequilíbrio econômico

O governador Ronaldo Caiado (UB) assinou nesta terça-feira (31) um termo de reestruturação contratual que viabiliza continuidade de parceria,  até 2023, entre Aparecida de Goiânia, Jataí, Rio Verde e Trindade no sistema de esgotamento sanitário. Investimentos devem beneficiar 1 milhão de pessoas nos locais onde ocorre a subdelegação para os serviços de esgoto. 

A iniciativa é do Governo de Goiás, por meio da Companhia Saneamento de Goiás S/A (Saneago), e da empresa BRK.  “Esse termo aditivo tem como objetivo corrigir problemas de origem: questões de cronograma de execução dos investimentos, questões relacionadas ao reequilíbrio econômico e, com isso, dar as condições de continuar com os investimentos”, afirmou o presidente da Saneago, Ricardo Soavinski. 

Os investimentos previstos alcançam R$ 478 milhões para expansão e operação dos sistemas de esgoto. O aditivo viabiliza a continuidade da parceria, com foco na universalização do sistema de esgotamento sanitário nos quatro municípios. “É um momento importante para todos nós goianos. Temos a condição de não só assinar esse aditivo ao contrato de subdelegação com a BRK, corrigindo falhas de origem, como, ao mesmo tempo, definir um cronograma bem claro de investimentos”, afirmou o governador Ronaldo Caiado.

A adequação contratual estabelece cláusulas e cronograma de prazos, além de revisar metas e planos de investimentos e garantir reequilíbrio econômico. CEO da BRK, Teresa Vernaglia pontuou que “as cidades que fazem parte desse projeto se destacam no Brasil pelo nível de evolução do saneamento”. 

Já o diretor e presidente da BRK, Sérgio Trentini, destacou que existem mais de “1,5 mil funcionários trabalhando nas cidades de Aparecida, Jataí, Trindade e Rio Verde para complementar essas obras”.

Reestruturação

Segundo o Governo de Goiás, a reestruturação dos serviços, executados via subdelegação há nove anos, está em consonância com o entendimento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e às regras de compliance das duas companhias. 

O superintendente de Expansão e Concessão da Saneago, Marcus Vinícius Batista, afirmou que o contrato tem duração de 30 anos e este é o quarto termo aditivo assinado desde o início da contratação. Em Jataí e Rio Verde, o atendimento com esgotamento sanitário já atingiu a universalização. “À medida em que a população vai aumentando, esse serviço vai chegar a toda a comunidade. É um avanço importante”, afirmou o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale. 

Em Aparecida de Goiânia, a cobertura da rede de esgoto atinge o porcentual de 77% da população e, em Trindade, 58%.