Governo enviará projeto para concessão de sete rodovias à Assembleia

Presidente da Agetop, Jayme Rincón se disse convicto de que Legislativo aprovará proposta, elaborada pela FGV

Jayme Rincón, em entrevista ao Jornal Opção em abril deste ano | Foto: Fernando Leite

Em entrevista à Agência Assembleia de Notícias na manhã desta quinta-feira (23/11), o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón (PSDB), confirmou que o governo de Goiás encaminhará o projeto para concessão de sete rodovias estaduais ainda em 2017.

Na Assembleia Legislativa, ele apresenta aos deputados estaduais a proposta, elaborada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), que prevê a contratação das empresas para administrar os trechos no próximo ano e a cobrança do pedágio somente a partir de 2019.

“Vamos obedecer todos os trâmite legais para fazer as concessões, inclusive já temos uma audiência pública marcada para o dia 11 de dezembro para debater a questão com a sociedade”, defendeu.

Rincón se disse convicto de que o projeto será aprovado pela Assembleia e que não trará desgaste político para o governo. Trata-se de uma proposta de melhoria constante das rodovias, o que tratá mais segurança e conforto para os goianos.

“Os melhoramentos previstos são significativos”, defendeu Eduardo Leal de Oliveira, coordenador de transporte da FGV, que comanda a apresentação do projeto aos parlamentares.

Veja a lista das rodovias e trechos que o governo de Goiás pretende privatizar:

  • GO-010, Goiânia-Bonfinópolis;
  • GO-020/330, Goiânia-Catalão;
  • GO-060, Goiânia-Piranhas;
  • GO-070, Goiânia-Cidade de Goiás;
  • GO-080, Goiânia-São Francisco de Goiás;
  • GO-139, Entr. 217-Entr. 213;
  • GO-213, Morrinhos-Caldas Novas.

(As informações são da Agência Assembleia de Notícias)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.