Governo de Goiás é o 8º melhor no ranking da transparência

Estado possui nota 8,89 em escala de 0 a 10. Ceará e de São Paulo foram os únicos que alcançaram nota máxima

Índice que mede a transparência pública em estados e municípios brasileiros, Escala Brasil Transparente (EBT), foi lançada pela Controladoria-Geral da União (CGU) na manhã desta sexta-feira (15/5), em Brasília. Ação comemora três anos de vigência da Lei de Acesso à Informação, no próximo sábado (16). A escala visa avaliar o grau de cumprimento às normas de Lei de Acesso.

Foram foram analisados 492 municípios com até 50 mil habitantes, incluindo todas capitais, além dos 26 estados e do Distrito Federal. Todos os entes avaliados receberam uma nota de 0 a 10 pontos, calculada pela soma de dois critérios: regulamentação da Lei de Acesso (25%) e efetiva existência e atuação do Serviço de Informação ao Cidadão (75%).

Conforme a escala, os Estados do Ceará e de São Paulo são os mais transparentes do País, ambos com nota máxima. Em seguida vem Paraná (9,72), Sergipe (9,31), Santa Catarina (9,17) e Rio Grande do Sul (9,17). Amapá e Rio Grande do Norte possuem notas zero.

Os Estados e municípios que tiraram nota baixa e tiverem dificuldades na implementação da lei, podem entrar em contato com a CGU para pedir auxílio pelo Programa Brasil Transparente. Criado em 2013, a ação ajuda gestões na aplicação de medidas de transparência, a partir de capacitações, distribuição de material e apoio no desenvolvimento dos portais da transparência locais.

brasil transparente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.