Goiás tem superávit de U$$ 177 mi na balança comercial de maio

Nações asiáticas, como a China, responderam por 45,15% das vendas externas. Holanda, Rússia, EUA, Emirados Árabes Unidos e Suíça completam a lista

Soja continua a liderar lista de produtos vendidos para o exterior | Foto: Fernando Leito/Jornal Opção

Soja continua a liderar lista de produtos vendidos para o exterior | Foto: Fernando Leito/Jornal Opção

Goiás chegou ao 16º superávit consecutivo com a balança comercial de maio, com exportações totalizando US$ 534,6 milhões. Em contrapartida, as importações bateram em US$ 356,8 milhões. O saldo positivo, deUS$ 177,7 milhões, resulta da vendas do estado ao mercado externo. Café e chás (505,66%), açúcar (72,68%) e ouro (31,5%) foram os produtos com maior crescimento em relação a abril.

As exportações cresceram 34% e as importações e o saldo comercial ficaram em 44% e 17%, respectivamente. No mês passado foram comercializados para o exterior 310 produtos a 96 países. Soja e derivados tiveram destaque: totalizaram 50,43%. Carnes bovinas, suínas e de aves vieram na sequência, com 20,86%, sendo seguidas por ferroligas (6,97%); couros e derivados (5,%4%); ouro (4,79%); açúcar (4,40%); amianto (1,09%); e café, chá, mate e especiarias (1,04%).

Segundo a secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED) além desses itens compõem a lista outros produtos de origem animal, máquinas e equipamentos elétricos e mecânicos, mercadorias farmacêuticas, milho, gelatinas e derivados, e veículos e suas partes.

E quais as dez nações que mais compraram? De acordo com a pasta, foram os asiáticos. A China lidera a lista de importadores, seguida pelos países baixos (Holanda), Rússia, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Hong Kong, Irã, Suíça, Egito e Itália.

No acumulado do ano as exportações chegam a US$ 2,237 bilhões e as importações, US$ 1,443 milhões. O superávit é de US$ 793,460 milhões entre janeiro a maio de 2015. “Os dados preliminares divulgados nos mostram que players importantes do setor empresarial continuam comprando insumos e produtos que fortalecem e adicionam valor à nossa produção”, comentou o titular da SED, o vice-governador José Eliton (PP).

Compras

No topo das importações de maio estão produtos farmacêuticos (34,5%) e veículos automóveis, tratores e suas partes (18,2%), somando mais da metade dos itens comprados. Caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos (13,44%); adubos ou fertilizantes (12,05%); produtos químicos orgânicos (5,41%); máquinas, aparelhos e materiais elétricos e suas partes (2,93%); plásticos e suas obras (2,19%); instrumentos e aparelhos de ótica e fotografia; obras de ferro fundido, ferro ou aço (1,10%); e borracha e suas obras (0,95%) completam o ranking.

Estados Unidos, Alemanha, Japão, China, Coreia do Sul, Tailândia, Suíça, Índia, Argentina e Canadá são os dez principais países de origem dos produtos comprados por Goiás. Ao todo foram importados 1064 itens de 57 nações.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.