Goiás tem superávit de U$$ 177 mi na balança comercial de maio

Nações asiáticas, como a China, responderam por 45,15% das vendas externas. Holanda, Rússia, EUA, Emirados Árabes Unidos e Suíça completam a lista

Soja continua a liderar lista de produtos vendidos para o exterior | Foto: Fernando Leito/Jornal Opção

Soja continua a liderar lista de produtos vendidos para o exterior | Foto: Fernando Leito/Jornal Opção

Goiás chegou ao 16º superávit consecutivo com a balança comercial de maio, com exportações totalizando US$ 534,6 milhões. Em contrapartida, as importações bateram em US$ 356,8 milhões. O saldo positivo, deUS$ 177,7 milhões, resulta da vendas do estado ao mercado externo. Café e chás (505,66%), açúcar (72,68%) e ouro (31,5%) foram os produtos com maior crescimento em relação a abril.

As exportações cresceram 34% e as importações e o saldo comercial ficaram em 44% e 17%, respectivamente. No mês passado foram comercializados para o exterior 310 produtos a 96 países. Soja e derivados tiveram destaque: totalizaram 50,43%. Carnes bovinas, suínas e de aves vieram na sequência, com 20,86%, sendo seguidas por ferroligas (6,97%); couros e derivados (5,%4%); ouro (4,79%); açúcar (4,40%); amianto (1,09%); e café, chá, mate e especiarias (1,04%).

Segundo a secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED) além desses itens compõem a lista outros produtos de origem animal, máquinas e equipamentos elétricos e mecânicos, mercadorias farmacêuticas, milho, gelatinas e derivados, e veículos e suas partes.

E quais as dez nações que mais compraram? De acordo com a pasta, foram os asiáticos. A China lidera a lista de importadores, seguida pelos países baixos (Holanda), Rússia, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Hong Kong, Irã, Suíça, Egito e Itália.

No acumulado do ano as exportações chegam a US$ 2,237 bilhões e as importações, US$ 1,443 milhões. O superávit é de US$ 793,460 milhões entre janeiro a maio de 2015. “Os dados preliminares divulgados nos mostram que players importantes do setor empresarial continuam comprando insumos e produtos que fortalecem e adicionam valor à nossa produção”, comentou o titular da SED, o vice-governador José Eliton (PP).

Compras

No topo das importações de maio estão produtos farmacêuticos (34,5%) e veículos automóveis, tratores e suas partes (18,2%), somando mais da metade dos itens comprados. Caldeiras, máquinas, aparelhos e instrumentos mecânicos (13,44%); adubos ou fertilizantes (12,05%); produtos químicos orgânicos (5,41%); máquinas, aparelhos e materiais elétricos e suas partes (2,93%); plásticos e suas obras (2,19%); instrumentos e aparelhos de ótica e fotografia; obras de ferro fundido, ferro ou aço (1,10%); e borracha e suas obras (0,95%) completam o ranking.

Estados Unidos, Alemanha, Japão, China, Coreia do Sul, Tailândia, Suíça, Índia, Argentina e Canadá são os dez principais países de origem dos produtos comprados por Goiás. Ao todo foram importados 1064 itens de 57 nações.

Deixe um comentário