Goiás investe nos municípios mais que SP, estado com orçamento 10 vezes maior

Balanço do governo paulista aponta R$ 93 milhões aplicados em convênios em 2017, diante de orçamento de R$ 500 milhões estabelecido por Marconi para prefeituras

Governador Marconi Perillo assinando convênio do Goiás na Frente com prefeito de Bom Jesus | Foto: Eduardo Ferreira

Apesar de ter um orçamento dez vezes menor que o do governo de São Paulo, Goiás está investindo mais nos municípios que a administração paulista. É o que mostra levantamento de convênios apresentado pela gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que informa que neste ano foram aplicados R$ 93 milhões em convênios com as prefeituras.

Em Goiás, o governo Marconi Perillo (PSDB) está destinando R$ 500 milhões para as prefeituras, metade dos quais – R$ 250 milhões – serão liberados somente neste ano.

O Orçamento Anual do governo de São Paulo é de R$ 200 bilhões para 2017, diante de R$ 25 bilhões previstos em arrecadação e despesa pelo governo de Goiás para este ano. O orçamento de R$ 500 milhões para os municípios da administração goiana integra o Goiás na Frente, que vai aplicar R$ 9 bilhões em recursos públicos e privados em obras de infraestrutura social e econômica neste ano e em 2018.

Desse total, R$ 6,6 bilhões são recursos públicos para ações em todas as áreas, com destaque para Educação, Segurança e Saneamento. Os recursos para os municípios estão sendo liberados para as prefeituras, que definem livremente as áreas e obras em que irão empregá-los.

O governador Marconi Perillo já liberou os recursos da primeira e da segunda parcelas para 30 municípios. Outros 70 convênios estão em fase de celebração para a liberação dos recursos. Com os recursos para os municípios, o governo de Goiás afirma que está complementando os investimentos em andamento nas regiões, como resultado “das medidas de austeridade adotadas a partir do final de 2014 para conter os efeitos da crise econômica nacional”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.