Goiânia receberá conferência internacional para garantir direitos de mulheres em situação de risco

É esperada a participação de duzentas e cinquenta mulheres congressistas de todo o Brasil e de outros países no Plenário do Tribunal de Justiça de Goiás

Laudelina Inácio da Silva | Foto: Reprodução / Sindepol

Entre os dias 20 e 22 será realizada a Conferência Internacional da Fedération Internacional des Femmes des Carrières Juridiques (FIFCJ), em Goiânia. O encontro internacional tem objetivo de gerar um documento que influencie políticas mundiais para garantir direitos de mulheres e meninas em situação de risco.

Uma das realizadoras do evento, Laudelina Inácio da Silva, que é presidente nacional da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ), afirma que o evento pretende “promover os direitos humanos das mulheres e caminhar firme no propósito de expandir as ações da ABMCJ no Brasil, de forma a reduzir significativamente a desigualdade de gênero, beneficiando as novas gerações”.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.