Gestão Iris gasta mais de R$ 370 mil com publicidade para falar bem da Saúde municipal

Propaganda veiculada nas principais emissoras de TV da capital foi gravada no Ciams Novo Horizonte

Cais Novo Horizonte | Foto: Arquivo Jornal Opção

A prefeitura de Goiânia gastou R$ 377.470,00 com campanha publicitária para falar sobre  melhorias na Saúde municipal. A peça, veiculada em horário nobre nas principais emissoras de TV da capital, traz uma atriz em unidades de Saúde mostrando uma “realidade” pouco comprovada pelo cidadão goianiense.

A informação obtida pelo Jornal Opção foi prestada em resposta à oficio da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde que, a partir de requerimento da vereadora Dra. Cristina Lopes (PSDB), solicitou planilha com o valor gasto com publicidade gravada no Ciams Novo Horizonte.

“Informamos que na presente data estamos veiculando campanha informativa sobre a reabertura do atendimento de urgência e o funcionamento do CIAMS Novo Horizonte”, diz o documento encaminhado pelo secretário Municipal de Comunicação, Luiz Felipe Gabriel Gomes.

Segundo o documento, a gestão do prefeito Iris Rezende (MDB) gastou quase R$ 20 mil apenas para a produção do vídeo de um minuto gravado na unidade. O restante do dinheiro foi gasto para comprar o tempo de TV nas emissoras locais.

O maior investimento foi com a TV Globo, contratada para veicular a peça entre os dias 19 a 29 de abril pelo valor de R$ 153.543,00. A TV Record, o SBT e a Band veicularam a peça entre os dias 19 e 27 de abril e cobraram R$ 81.316,00, 92.782,00 e 30.195,00, respectivamente.

A propaganda passou a ser veiculada em um momento que a Saúde do município passa por problemas como falta de materiais, suspensão de atendimentos e é alvo de uma série de denúncias derivadas da investigação de comissão na Câmara Municipal.

Na peça, uma atriz diz que foi acompanhar “como tem andado a saúde pública em Goiânia”. A mulher afirma reconhecer que há problemas, “a exemplo do que acontece em todo Brasil”, mas elenca uma série de supostas melhorias implantadas durante a gestão.

Foto: Jornal Opção

Deixe um comentário