Gasolina sobe nesta sexta-feira e acumula alta de 11% em apenas um mês

Segundo política de preços adotada pela companhia, que entrou em vigor no dia 3 de julho, reajustes podem ser aplicados a qualquer momento, até diariamente

O preço da gasolina deve subir nesta sexta-feira (15/9) ao acumular alta de 11,07% em um prazo de apenas um mês, conforme cálculo baseado nos reajustes diários divulgados pela Petrobras.

Conforme dados da pesquisa preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), para o consumidor, o preço médio do litro da gasolina pago pelo consumidor no país subiu 2,33% em um mês, enquanto o valor do diesel aumentou 2,07%.

O preço médio do litro da gasolina era de R$ 3,85 reais na semana encerrada em 9 de setembro, levando em conta o preço médio praticado em 3.160 postos Brasil afora. Com isso, o valor do litro da gasolina bateu novo recorde no ano.

E o aumento não deve parar por aí: a Petrobras anunciou nesta quinta (14) um reajuste de 1,6% no preço do diesel e de 1,3% no preço da gasolina nas refinarias. Os novos valores vão vigorar a partir desta sexta (15).

De acordo com a política de preços adotada pela companhia, que entrou em vigor no dia 3 de julho, reajustes podem ser aplicados a qualquer momento, até diariamente.

Dentro da nova metodologia, o preço do diesel acumula alta de 6,3% desde 1º de setembro e a gasolina, valorização de 5,7% no mesmo período. (Com informações da Veja e da Agência Brasil)

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.