Funkeira goiana foi morta por ciúmes, conclui polícia

Reprodução/Instagram

Reprodução/Instagram

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense concluiu o inquérito referente ao caso do assassinato da dançarina goiana Cícera Alves de Sena, conhecida como Amanda Bueno, de 29 anos, no município de Nova Iguaçu. Conforme o delegado Fábio Cardoso, o noivo da funkeira, Milton Severiano Vieira, teria matado a parceira por ciúmes após a vítima ter feito revelações de seu passado.

O caso da funkeira goiana ganhou repercussão nacional após divulgação de um vídeo feito por câmeras de segurança em que mostra o momento do assassinato. Na gravação, Milton aparece agredindo a noiva e, logo depois, se arma com um revólver e dispara várias vezes contra a cabeça dela.

Milton Severiano Vieira, conhecido como Miltinho da Van, está preso no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a polícia, há indícios que o suspeito também tenha envolvimento com a formação de uma milícia em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.