“Fui surpreendido”, diz Karlos Cabral sobre a decisão de Dra Cristina de não ir para o PDT

Vereadora optou por sair do PSDB e caminhar para o PL, pelo qual sairá candidata à prefeitura de Goiânia, contrariando a expectativa do deputado, que articulava sua ida para a sigla pedetista

Dra Cristina e Karlos Cabral em reunião com integrantes do PDT em maio deste ano | Foto: Reprodução

O deputado estadual Karlos Cabral (PDT), que articulava a ida de vereadora Dra. Cristina para o seu partido, se disse surpreso com o anúncio de que ela, ao deixar o PSDB, vai se filiar, na verdade, ao PL da deputada federal Magada Mofatto. Ele era um dos principais motivadores da pré-candidatura da parlamentar municipal à prefeitura de Goiânia pelo PDT.

“Eu pessoalmente fui surpreendido com essa informação pela imprensa. Fui o principal articulador do diálogo dela dentro do PDT, inclusive eu a levei junto à deputada Flávia Morais (PDT) e até o presidente nacional do partido. Quando construímos essa possibilidade, as sinalizações dela para mim foram a todo momento positivas”, disse Karlos Cabral.

Segundo ele, a informação da ida da vereadora para o PL lhe chegou pela imprensa. “Se ela nos procurar é claro que vamos conversar isso com muita calma. E nós vamos nos reunir enquanto partido para definir qual vai ser nosso projeto, até porque todas as nossas energias estavam focadas na candidatura da Dra Cristina”, disse.

Ainda de acordo com Cabral, o partido ainda deve definir quem será o candidato em Goiânia em 2020, diante da nova conjuntura. Ele não sinaliza nomes, mas como publicado na coluna Bastidores do Jornal Opção, Paulinho Graus pode ser o nome desejado pela cúpula nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.