Francisco Jr. propõe ocupar vazios urbanos com moradias populares

Candidato do PSD elenca ferramentas que podem ser utilizadas pelo poder público para combater a especulação imobiliária

Francisco Jr. durante reunião sobre ordenamento urbana | Foto: Raniery Nogueira

Francisco Jr. durante reunião sobre ordenamento urbana | Foto: Raniery Nogueira

O candidato a prefeito de Goiânia Francisco Júnior (PSD) afirma que, a partir de seu Programa de Habitação, os vazios urbanos, que hoje servem à especulação imobiliária na capital, serão ocupados por casas populares.

“É fundamental termos ações, viabilizar um programa de habitação social que promova a ocupação dos vazios urbanos, com todas as ferramentas que o Plano Diretor apresenta. Apesar de ter um programa nacional como o Minha Casa Minha Vida, em Goiânia ele não avançou o necessário para beneficiar as pessoas mais carentes”, afirma.

De acordo com o também deputado estadual, é preciso se utilizar das várias ferramentas disponíveis para superar o desafio da moradia popular. “Temos várias formas de viabilizar a construção de casas populares, como a Transferência do Direito de Construir, o Projeto Diferenciado de Urbanização, a Ocupação Urbana Consorciada, todas ferramentas próprias para ocupar o vazio urbano”, destaca.

Francisco Jr. aponta outro grave problema gerado pela falta de uma política habitacional municipal, a construção de loteamentos em áreas afastadas em que não há os serviços públicos básicos.

“Não se pode pegar o cidadão mais humilde e jogá-lo para longe, sem posto de saúde, escolas ou nem mesmo linha de ônibus. Vemos as dificuldades de quem passa por isto. Inclusive esta é uma mudança que faremos nos novos bairros. Serão liberados após a constatação de que existem estas estruturas e serviços. Hoje acontece algo que não tem sentido”, lamenta.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.