Flávio Bolsonaro tem direito a foro privilegiado, decide Justiça do Rio

Defesa argumentou que por ser deputado estadual na época dos crimes investigados, que filho do presidente teria direito a ser julgado pelo Órgão Especial do TJ

Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro | Foto: Reprodução

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou na tarde desta quinta-feira, 25, habeas corpus apresentado pela defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) para que ele seja julgado pela segunda instância no Caso Queiroz. Os desembargadores da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça fluminense decidiram que o filho do presidente Jair Bolsonaro tem direito a foro especial.

A defesa argumentou que por ser deputado estadual na época dos crimes, Flávio teria direito a ser julgado pelo Órgão Especial do TJ, onde os parlamentares fluminenses têm foro.

O senador é investigado pelo esquema chamado de “rachadinha”, em que dinheiro público é desviado através de repasses de servidores da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Fabrício Queiroz, preso na semana passada em Atibaia, é apontado como elo entre a família Bolsonaro, o desvio de recursos públicos e a milícia fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.