Fieg anuncia suspensão de atividades pelos próximos 15 dias

Além de fechar unidades físicas, presidente da Fieg, Sandro Mabel, negocia com o Governo do Estado medidas para proteger empresários

Foto: Reprodução.

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) comunicou, por meio de nota, que irá acatar o decreto do Governo do Estado (nº 9638/2020), que restringe atividades em Goiás como medida de controle da pandemia do novo coronavírus. A partir da próxima segunda-feira, 23, todas as unidades físicas, bem como as instituições Sesi, Senai, Iel e ICQ Brasil estarão fechadas.

A Fieg anunciou, também, que os serviços de odontologia funcionarão apenas em caráter emergencial. Já os serviços de Saúde e Segurança do Trabalhador continuarão ativos nas indústrias de produtos essenciais, nas áreas de saúde e alimentos.

O presidente da Fieg também informa que realizou uma série de recomendações ao Governo do Estado para auxiliar os empresários na travessia das dificuldades econômicas que provavelmente surgirão neste período. Entre elas, o parcelamentos das dívidas de ICMS relativas aos meses de março, abril, maio, junho e julho. Incrementos pela Goiás Fomento e Banco do Povo para micro e pequenos empreendedores, postergação do Protege, criação de um Gabinete de Crise Interinstitucional para propor ações e acompanhar a crise, dentre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.