Expansão do videomonitoramento em Goiânia deve ocorrer no primeiro semestre

Corredor Universitário, Aeroporto de Goiânia, Rua 44 e Setor Campinas são os próximos pontos de fiscalização

Em funcionamento no Parque Vaca Brava desde o dia 17 de julho de 2017, o sistema de videomonitoramento implantado pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) deve ser expandido já neste primeiro semestre.

A controversa fiscalização, por meio de câmeras, deve chegar ao Corredor Universitário, compreendido pela Avenida Universitária e Rua 10; ao Aeroporto de Goiânia; à região da Rua 44, nas proximidades da rodoviária; além de Campinas.

As informações foram confirmadas ao Jornal Opção pelo titular da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), Fernando Santana. “O projeto continua, nós queremos expandir para a cidade inteira. Por falta de ajustes técnicos não conseguimos realizar no ano de 2017, mas estamos trabalhando”, explicou.

Apesar de não dar um prazo concreto para a expansão, o secretário diz que a gestão está “muito próxima” de concluir o processo. Há ainda um convênio com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), o que permitirá a utilização de câmeras do governo de Goiás para o videomonitoramento.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.