Exército vai ajudar moradores de Xanxerê

Cidade foi atingida por tornado, que deixou duas pessoas mortas, 120 feridas e três hospitalizadas em estado grave. Mais de mil pessoas estão desabrigadas

Foto: Defesa Civil/ Santa Catarina

Foto: Defesa Civil/ Santa Catarina

O Exército mobilizou nesta terça-feira (21/4) uma tropa de 100 homens para ajudar na remoção dos escombros e limpeza do município de Xanxerê, atingido por um tornado na tarde da última segunda-feira (20).

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil mantém contato com a Defesa Civil estadual para levantamento dos estragos e definição de como será a ajuda do governo federal. O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, deve ir a Xanxerê.

Duas pessoas morreram, 120 ficaram feridas e três estão hospitalizadas em estado grave, segundo a Defesa Civil. Mais de mil pessoas estão desabrigadas e pelo menos 2,6 mil edificações sofreram algum tipo de dano em seis bairros do município.

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, vai liberar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para as famílias atingidas pelo tornado. Segundo ele, a liberação do dinheiro servirá para que as famílias tenham condições de dispor de algum recurso para reconstruir suas casas.

Dias procurou o prefeito de Xanxerê, Ademir Gasparino, para transmitir solidariedade e informar sobre a liberação do FGTS. O processo de liberação do FGTS inclui a decretação de estado de calamidade pública pelo município, que ser providenciada pelo prefeito.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Problemas com água, energia e comunicação

A força da tempestade em Xanxerê arrancou cinco torres de energia elétrica, afetando 200 mil unidades consumidoras. O município sofre com problemas no abastecimento de água, energia e sinal de telefonia. Um ginásio desabou.

A Defesa Civil do estado informou que o abastecimento de água está sendo restabelecido nesta terça-feira (21/4) e o de energia deve levar pelo menos três dias para voltar à normalidade.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, o tornado não deve se repetir. O tempo deve ficar nublado o restante da semana, com pancadas de chuva e trovoadas isoladas.

A Defesa Civil disponibilizou 570 kits de acomodação, 630 colchões e 300 cestas básicas. Segundo o órgão, o Ministério da Integração Nacional disponibilizou-se a enviar ajuda às localidades atingidas. O governador Raimundo Colombo determinou que todas as instituições do estado atendam aos moradores de Xanxerê e de Ponte Serrada, onde também há registro de danos.

Deixe um comentário