Estufa tecnológica encontrada em Goiás guardava plantação de “supermaconha”

Responsáveis pelo local conseguiram fugir

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Polícia Militar de Goiás descobriu no início desta semana uma plantação de uma “supermaconha” chamada de skank, em Padre Bernardo, no Entorno do Distrito Federal.

Conhecida por ser mais potente do que a maconha convencional, a droga era cultivada em uma estufa climatizada com aparelhos de ar-condicionado e aquecedores, sofistificada tecnologicamente.

Segundo informações da PM, a estufa armazenava mudas de skank de todos os tamanhos, desde o estágio da germinação até o ponto de cultivo.

A plantação foi montada em uma área de cerrado, próximo ao Córrego Taboquinha, no distrito de Taboquinha, que fica em Padre Bernardo.

Além da droga, foram apreendidos dois revólveres, várias munições, dois carros, sendo uma caminhonete VW Amarok e uma VW Saveiro. Os donos do local conseguiram fugir, assim que a polícia chegou ao local.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.