Escolas de Goiás disputam prêmio do projeto Estudantes de Atitude

Os prêmios totalizam em R$ 140 mil, sendo R$ 100 para os times e R$ 40 mil para os professores. Das 466 escolas públicas estaduais inscritas inicialmente, 155 competem pela premiação

Nesta segunda-feira, 20, o Governo de Goiás, por meio da Controladoria-Geral do Estado (CGE) e da Secretaria de Educação (Seduc), realiza a premiação das escolas campeãs do projeto Estudantes de Atitude. O evento acontece de forma presencial a partir das 9 horas, no Goiânia Arena, e com a presença de cinco mil alunos de escolas estaduais. Ele também é transmitido pela canal do YouTube: www.youtube.com/cgegoias e pelas redes sociais do Governo de Goiás.

Durante o encontro, estudantes, professores e autoridades vão assistir a apresentação cultural, melhores momentos do Estudantes de Atitude, destaques da edição 2021 e, logo em seguida, a premiação das escolas campeãs. Neste ano, os prêmios totalizam em R$ 140 mil, sendo R$ 100 para os times e R$ 40 mil para os professores.

Ao todo, cerca de 10 mil alunos participam do projeto. Das 466 escolas públicas estaduais inscritas inicialmente, 163 são dos municípios goianos e 188 chegaram à fase das auditorias cívicas. Na última fase, 155 completaram e competem pela premiação.

Projeto

Com apoio do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, o projeto goiano passou a ser reaplicado em outros Estados do Brasil. Ele consiste em uma competição entre escolas da rede pública através do método de gamificação, que estimula práticas relacionadas à transparência, controle social, voluntariado e prevenção a corrupção. Além disso, fomenta a cidadania e a participação social dos alunos da rede pública, transpondo esses conceitos para uma realidade prática e divertida.

Para o coordenador-geral do Estado, Henrique Ziller, o Estudantes de Atitude transpõe conceitos como cidadania, participação social para a realidade prática e diversidade do ambiente escolar, visando a promoção da reflexão e da ação de professores e estudantes sobre problemas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.