Em sessão virtual, deputados debatem rompimento de Caiado com presidente Bolsonaro

Parlamentares divergem opiniões sobre medidas tomadas em combate ao coronavírus no estado

Sessão da Alego nesta quarta-feira, 25, ocorreu por videoconferência / Foto: Reprodução

Em fala de parlamentares durante sessão por videoconferência, realizada pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o deputado Vinicius Cirqueira (Pros) elogiou a atuação do governador Ronaldo Caiado (DEM) em combate ao coronavírus no estado. “Tomou medidas impopulares, mas necessárias para que mantenhamos a saúde pública perene”, comentou. “Eu rechaço a fala do presidente da República e pediria aqui atestado de sua sanidade mental, mas vou deixar isso para outro momento”, completou.

Já Paulo Trabalho (PSL), aliado do presidente, lamentou os desentendimentos entre o governador Ronaldo Caiado e Jair Bolsonaro (Sem partido) e pediu o retorno às atividades econômicas no estado no próximo dia 4 de abril, prazo estabelecido pelos decretos. “Temos que retornar às atividades, sugiro o isolamento vertical para que o impacto financeiro seja minimizado”, afirmou o deputado.

“Fico triste com esse rompimento. O presidente Jair Bolsonaro veio seis vezes no último ano ao Estado de Goiás. Espero que reatem”, disse. Talles Barreto (PSDB) reforçou o pedido. “Eu sei que o governador é médico, mas também queremos um governador que seja governador e não deixe o estado quebrar”, reiterou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.