Em reunião com 60 embaixadores, Goiás é apontado como um dos principais Estados para investimentos internacionais

“Go to Goiás” como ficou conhecido o encontro ocorreu em Brasília e o objetivo principal foi atrair parceiros comerciais e investidores para o Estado

O secretário de Indústria e Comércio, William O’Dwyer, apresentou uma tese na última quinta-feira (18/9) que apresenta Goiás como um dos Estados com melhores condições de investimentos internacionais. A reunião chamada “Go to Goiás” ocorreu em Brasília, no Distrito Federal, e o objetivo principal foi atrair parceiros comerciais e investidores.

Durante o encontro, o secretário afirmou que Goiás tem grande capacidade para receber empresas internacionais. “Nossa infraestrutura está em expansão juntamente com política de incentivos fiscais e a qualificação da nossa mão de obra. Somos competitivos em diversos segmentos econômicos. As empresas internacionais que se instalarem em Goiás terão excelentes taxas de retorno”, disse.

Segundo William O’Dwyer, a intenção é transformar Goiás em uma referência para estes investidores. O secretário destacou ainda que o Estado dispõe de condições para abrigar empresas de diferentes portes.

Na ocasião o secretário salientou que as embaixadas são as principais fontes de consultas para empresas que desejam criar bases em outros países. “Ao serem consultados, desejamos que os embaixadores mostrem a importância econômica do nosso Estado”, disse.

Por sua vez, os embaixadores do Reino Unido, Alex Ellis, e da Bélgica, Joze Smets, destacaram seus interesses nas áreas de pesquisa, mineração, educação, ciência e tecnologia nos municípios goianos e afirmaram que vão contribuir para o crescimento e os futuros investimentos em Goiás.

O embaixador de Belaru (antiga Bielorrúsia), Leonid Krupets, também demonstrou interesse pelo Estado tendo em vista os dados apresentados na tese. De acordo com ele, uma comitiva deve chegar em Goiânia nos próximos dias para tratar de negócios junto a Associação Brasileira Pró-Desenvolvimento Regional Sustentável (Adial). “Isso significa que vamos mostrar para nossos empresários que os investimentos podem vir para outros Estado que não sejam só Rio de Janeiro ou São Paulo”, declarou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.