Em ação do MP, ex-secretário de Saúde do RJ é preso

Edmar Santos é investigado por suspeitas de irregularidades nos contratos de Saúde do Rio durante pandemia de Covid-19

Foto: Reprodução.

Na manhã desta sexta-feira, 10, o ex-secretário de Saúde Edmar Santos foi preso em Itaipava, na Região Serrana do Rio. Ele é investigado por suspeitas de irregularidades nos contratos de Saúde do RJ durante a pandemia de Covid-19. O mandado de prisão foi cumprido pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

O Tribunal de Contas do Estado apontou suspeitas de fraudes, inclusive, em alguns contratos firmados para compra de respiradores, oxímetros e medicamentos e o de contratação de leitos privados.

Os promotores também estão atuando no endereço residencial de Edmar Santos, em Botafogo, na Zona Sul da capital.

Santos e outras sete pessoas são acusados de improbidade administrativa pelo MPRJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.