Edward Madureira deve recusar Secretaria de Educação de Goiânia

Apesar de não haver definição, ex-reitor da UFG tende a não ser indicado para cargo na gestão do prefeito Iris Rezende (PMDB)

Edward Madureira durante entrevista ao Opção | Foto: Fernando Leite

Edward Madureira durante entrevista ao Opção em 2015| Foto: Fernando Leite

O ex-reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira (PT), deve declinar indicação à Secretaria Municipal de Educação de Goiânia (SME). Sondado pelo prefeito eleito, Iris Rezende (PMDB), o petista explicará que tem outros objetivos.

Consta que um interlocutor do decano peemedebista entrou em contato com o professor para pedir aval para indicá-lo à pasta. Há, inclusive, um encontro marcado entre Iris e Edward nos próximos dias.

Suplente de deputado federal com quase 59 mil votos em 2014, o petista afirmou ao Jornal Opção que, embora tenha interesse em continuar na política, pretende se dedicar à UFG e pode até disputar um novo mandato como reitor no próximo ano. Aliados o estariam encorajando a voltar à reitoria.

Caso dispute (e vença), Edward Madureira garante que terminará o mandato e só disputará cargo eletivo, possivelmente, em 2022.  “Ainda estou novo, tenho muita disposição”, explicou.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.