Em breve, os cães poderão ser compreendidos por seus tutores com a ajuda de um bot de inteligência artificial. Uma máquina projetada para transcrever a fala humana foi adaptada para decodificar sons caninos, prometendo revolucionar a comunicação entre humanos e pets.

Após testes, o bot conseguiu identificar diferentes raças de cachorro a partir dos latidos, do tom, dos gemidos ou rosnados. No total, os pesquisadores capturaram 200 minutos de latidos de 74 cães, com idades entre 5 meses e 7 anos, nas cidades mexicanas de Tepic e Puebla.

A equipe descobriu que o bot conseguia diferenciar uma variedade de estímulos, incluindo latidos raivosos para alguém perigoso e normais para alguém desconhecido. Também foram estabelecidos sons de proteção após uma “agressão” ao tutor do pet, e ruídos brincalhões durante as brincadeiras.

“É a primeira vez que técnicas otimizadas para a fala humana foram desenvolvidas para ajudar na decodificação da comunicação animal. Os resultados mostram que os sons derivados da fala humana podem servir de base para a compreensão das vocalizações de animais”, explicou a pesquisadora Rada Mihalcea.

Os cientistas acreditam que o bot de IA, chamado Wav2Vec 2.0, poderá abrir caminho para maior compreensão do melhor amigo do homem. Acredita-se que a ferramenta pode ser treinada em outras espécies, como pássaros e golfinhos. As informações são do site The Sun.