Duas semanas após incêndio em centro de internação, sobrevivente continua em estado grave

Adolescente de 15 anos segue internado na UTI especializada em queimaduras do Hugol e respira com ajuda de aparelhos

Duas semanas após o incêndio que vitimou nove adolescentes no Centro de Internação Provisória (CIP) do 7º BPM, no Jardim Europa, em Goiânia, um dos sobreviventes segue internado em estado grave no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

Segundo boletim médico divulgado na manhã desta sexta-feira (8/6), o adolescente D.P.C.S., de 15 anos, permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) especializada em queimaduras do Hugol, em estado grave e respirando com ajuda de aparelhos.

O jovem ficou ferido após rebelião que deixou 9 mortos dentro de uma cela na Ala A. Segundo testemunhas, os próprios menores deram início ao incêndio no local.

Deixe um comentário