Deputados aprovam em primeira votação Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2016

LDO terá corte de R$  71,6 milhões. Por outro lado, cerca de R$ 90 milhões serão investidos na nova sede da Assembleia Legislativa

Com mudança no direcionamento do orçamento, os deputados estaduais aprovaram na tarde desta segunda-feira (29/6), em sessão extraordinária, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2016. De acordo com o presidente Helio de Sousa, alguns acertos necessários foram feitos e na LDO está sendo contemplada a nova sede da Assembleia Legislativa.

Em relação a lei aprovada em 2014, haverá um corte na LDO de R$ 71,6 milhões. Entretanto, haverá investimento de cerca de R$ 90 milhões na nova sede do legislativo goiano. Segundo Helio, os deputados cortaram em algumas áreas da Assembleia, por exemplo, o buffet da Casa, que já foi amplamente criticado e agora não está mais previsto. “Fizemos cortes nos encargos que seriam extra e em todas as áreas de manutenção.”

O presidente explicou que, apesar dos parlamentares terem a garantia constitucional ao repasse do duodécimo, irão trabalhar com menos. “O momento é de austeridade no Estado, e vamos continuar isso. Mas não vamos cortar nada dos órgãos públicos”, disse se referindo às instituições que dependem dos deputados para planejar os próprios orçamentos.

De acordo com ele, o deputado Lincoln Tejota (PSD) conversou com os outros colegas. O projeto deve ser aprovado em definitivo no máximo até quarta-feira (1º/7).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.