Daniel Vilela: “Não serei candidato a deputado federal em 2018”

Em entrevista ao Jornal Opção, presidente do PMDB de Goiás disse que tem interesse em disputar outro cargo no próximo ano

Daniel Vilela é entrevistado desta semana | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Deputado federal e presidente estadual do PMDB em Goiás, Daniel Vilela revelou, durante entrevista ao Jornal Opção nesta terça-feira (31/1), que não se candidatará à reeleição em 2018: “Quero dar uma declaração que não dei em lugar nenhum ainda. Não sou candidato a deputado federal em hipótese alguma. Posso até não ser candidato a outras coisas que pretendo me candidatar, mas não serei deputado novamente.”

A afirmação veio após ser questionado sobre a suposta estrutura que a primeira-dama de Goiânia, Dona Íris, montou na administração do marido, Iris Rezende (ambos do PMDB) para conseguir voltar à Câmara Federal no próximo ano. “Se esse for o problema dela, não existe. Pode ficar despreocupada”, completou.

Mesmo assim, ele defendeu a postura de Dona Íris e reafirmou confiança no prefeito da capital. “Ela tem experiência, condições de colaborar e está correta. Tenho minhas divergências pessoais, que na maioria já foram superadas, por isso nada tenho a questioná-la politicamente. Além disso, Iris é uma liderança inquestionável e sabe o que é importante para a administração”, ressaltou.

Daniel Vilela é um dos fortes nomes do PMDB para a sucessão do governador Marconi Perillo (PSDB) e pode ser o nome da oposição na disputa. Contudo, o jovem parlamentar prefere se manter cauteloso quanto à possível candidatura: “Construiremos um plano de governo inovador, com propostas desenvolvidas junto à sociedade e um grupo de especialistas. Depois disso discutiremos nomes.”

A entrevista completa será publicada neste domingo (5/2) na edição 2169 do Jornal Opção.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.