Daniel Vilela diz que MDB não foi notificado sobre suspensão da eleição: “Nos causa estranheza”

Votação em convenção regional do partido segue normalmente nesta tarde, no diretório estadual da sigla

A votação para recondução de Daniel Vilela à presidência do MDB Goiás em convenção regional do partido segue nesta tarde, no diretório estadual da sigla. Mais cedo uma decisão liminar acatada pela Justiça e solicitada pelo deputado Paulo Cezar Martins suspendia o processo. Porém, o partido ainda não foi notificado.

“Só temos conhecimento pela imprensa. A decisão foi da primeira instância que ontem atestou toda a legalidade do processo interno do partido, todos os prazos cumpridos. Então, se de fato houve uma decisão que reforma isso, nos causa surpresa e estranheza, porque foi uma decisão muito robusta da primeira instância atestando todos os atos do diretório. Houve também a decisão do MDB nacional que valida todas as nossas ações”, afirma Daniel Vilela.

Segundo Daniel houve diálogo com o Paulo Cezar. “Conversamos. O deputado chegou a recuar e se colocou no sentido da gente construir a fusão de alguns nomes dele dentro da nossa chapa, mas depois acabou, por razões imagino que legítimas decidindo seguir em frente”, disse.

Ouça a entrevista com Daniel Vilela:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.