Confusão entre repórter e primeira dama de Goianira acaba na delegacia

Michelle Mariano, também secretária de Promoção Social do município, se recusou a dar entrevista ao jornalista, que afirma ter sido agredido. Os dois prestaram queixa à polícia

Um vídeo publicado pelo site de notícias Portal Goianira mostra uma parte da confusão ocorrida na última sexta-feira (8/7) na sede da Secretaria de Promoção Social de Goianira, entre a primeira dama e titular da pasta, Michelle Mariano, e o repórter do Portal Goianira, Vinycius Ferreira. Ambos afirmam ter sido vítimas de agressão verbal e física e registraram boletim de ocorrência da delegacia da Polícia Civil da cidade.

A confusão teria começado depois que Michelle se recusou a dar entrevista e proibiu qualquer funcionário a dar entrevista ao repórter. Segundo o jornalista, ele foi até o local para questionar a respeito da falta de entrega de leite especial por parte da prefeitura à pessoas que tem necessidades especiais. “Já é o terceiro caso que chega ao jornal, de pessoas que recebiam as doações e pararam de receber. É um produto caro e as famílias não tem condições de comprar. Das outras duas vezes, fizemos a matéria com a denúncia e a prefeitura voltou a fazer a entrega do produto. Quando chegou o terceiro caso de interrupção das doações, quisemos entender o porquê”.

O vídeo publicado pelo site de notícias Portal Goianira, mostra o momento em que a secretária titular da pasta de Promoção Social, tira a câmera da mão do repórter. Ele, porém, afirma que as câmeras não captaram o momento da agressão e alega que teve o braço arranhado pela secretária.

À reportagem, o assessor de imprensa do prefeito Miller Assis (PSD) informou na manhã deste sábado (9/7) que a primeira dama esta muito abalada com o ocorrido e não poderia dar entrevista pois está em viagem. “Temos o boletim de ocorrência e o exame de corpo de delito. Ela não o agrediu em momento algum”, afirmou.

Por telefone, o prefeito Miller Assis disse que deixará o caso nas mãos da justiça. “Ela se recusou a conceder entrevista ao repórter porque ele já chegou na secretaria alterado, gritando com a secretária. Ele foi atrás dela e a agrediu física e verbalmente. Ela já prestou queixa crime e agora quem vai cuidar disso é a justiça”, afirmou o prefeito.

Por sua vez, o jornalista afirma que nem sabia que Michelle estava na sede da secretaria. “Eu não sabia que a primeira dama estava lá, não fui com intenção de conversar com ela. Eu queria alguém da secretaria, da prefeitura, que pudesse responder aos meus questionamentos”, alega o repórter. Ele também prestou depoimento na delegacia e registrou boletim de ocorrência de agressão física e verbal.

Ainda segundo o prefeito, uma audiência já foi marcada para o dia 1º de setembro. A reportagem tentou contato com a delegacia de Goianira e até a publicação da matéria, não obteve resposta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.