Confira na íntegra transcrições de diálogos gravados por Marcelo Calero

Em uma das conversas, o ex-ministro fala com Temer sobre sua demissão, após se sentir pressionado para liberar a obra de um prédio em Salvador

Foi divulgada na tarde desta terça-feira (29/11) a transcrição dos áudios gravados pelo ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, antes de deixar o cargo no último dia 18. As transcrições obtidas pela GloboNews são de uma conversa entre Calero e Temer, e outra com o secretário de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha

Calero gravou diálogos com as autoridades do governo após se sentir pressionado para liberar a obra de um prédio em Salvador no qual o ex-ministro da Casa Civil, Geddel Vieira Lima, tem um apartamento. Os áudios foram entregues pelo ex-ministro da Cultura à Polícia Federal, e remetidos, ainda na noite desta segunda-feira (28), ao Supremo Tribunal Federal.

Confira abaixo a transcrição de uma conversa entre Calero e Temer:

Marcelo Calero: Oi, presidente.
Michel Temer: Oba. Oi, Marcelo, tudo bem, Calero?
Marcelo Calero: Como vai o senhor, tudo bem?
Michel Temer: Bem, graças a Deus.
Marcelo Calero: Maravilha.
Michel Temer: Então…
Marcelo Calero: Eu fiz uma reflexão muito grande de ontem pra hoje e agradeço…
Michel Temer: Pois não…
Marcelo Calero: … muito por o… por senhor ter insistido, mas eu realmente…
Michel Temer: …Hum…
Marcelo Calero: …quero pedir minha demissão e quero que o senhor aceite, por gentileza, porque eu não me vejo mais com… com condições e espaço de estar no governo.
Michel Temer: Interessante.
Marcelo Calero: É… então, assim…
Michel Temer: Tudo bem. Se você não… se é sua decisão, viu, o Calero, tem que respeitar. Ontem acho que até fui um pouco inconveniente, né? Insistindo muito pra você… pra você permanecer é.. confesso que não vejo razão pra isso mas você terá as suas razões.
Marcelo Calero: Sem dúvida.

No outro diálogo divulgado, o secretário de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha, discute com Calero a situação do imóvel de Geddel em Salvador.

Gustavo Rocha: É, eu… eu tô te ligando que… é… eu tô dando entrada com pedido protocolar. [Vou] protocolar o recurso lá no Iphan.
Marcelo Calero: Tá.
Gustavo Rocha: Vou protocolar uma cópia aí.
Marcelo Calero: Tá. Mas eu… eu… eu até falei com o presidente, Gustavo, eu não quero me meter nessa história não.
Gustavo Rocha: É, e o que ele me falou pra… pra falar era, “veja se ele encaminha, e num precisa fazer nada, encaminha pra AGU”. Falou isso comigo ontem, né? Aí eu falei “não, eu falo isso com ele”.
Marcelo Calero: Bom… tá, eu vou… eu vou fazer uma reflexão aqui, Gustavo. Agora, mudando de assunto, Ancine, é… eu pedi uma correção pro texto que me chegou hoje de manhã e… eu tô dependendo da velocidade aqui do nosso jurídico…

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.