Comissão aprova proposta de cassar aposentadoria de agentes públicos condenados por corrupção

Texto passa a tramitar na Câmara. Se aprovada, a matéria segue para a análise do Senado

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados (CSSF) da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 30, um projeto que altera a Lei de Improbidade Administrativa, estabelecendo pena de cassação da aposentadoria para servidores inativos condenados por corrupção.

Segundo o autor da proposta, deputado por Goiás, Glaustin da Fokus (PSC) a ideia é que os agentes públicos, quando estiverem em situação de irregularidade, temam seu futuro.

“Nós sugerimos a perda da aposentadoria justamente para inibir esse tipo de crime, tanto para servidores federais, já sujeitos a essa regra, como para qualquer pessoa que ocupe cargos municipais e estaduais. O preço da corrupção é muito caro para os governantes posteriores. A população goiana, por exemplo, está pagando essa conta”, defende.

Com aprovação na comissão o texto passa a tramitar na Câmara. Se aprovada, a matéria segue para a análise do Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.