Começa última fase de obras na principal via de Anápolis

Obra de remanejamento da rede de esgoto sob viaduto na Avenida Brasil Sul prevista para 2015 foi ignorada pela gestão municipal da época

Começa última fase de obras na principal via de Anápolis
Foto: Assessoria Prefeitura de Anápolis

A Prefeitura de Anápolis começa neste sábado, 11, a última obra do plano de mobilidade urbana da cidade. Previsto para 2015, o remanejamento da rede de esgoto que passa sob o Viaduto Deocleciano Moreira Alves, na região central da cidade, não foi executado pela antiga gestão antes da construção do viaduto, como recomendado por órgãos responsáveis. A previsão agora é que a obra seja entregue em julho.

Dividida em duas etapas, a gestão planeja desvios que não afetem a rotina da população. Na primeira, o desvio no trânsito será apenas do trecho da Avenida Brasil Sul — referente ao quarteirão entre a Rua Barão do Rio Branco e a Avenida Goiás. Já na segunda etapa, a interrupção do tráfego se estende até a sede administrativa do município, ao longo de 110 metros, impedindo o acesso à Avenida Brasil Sul pela Avenida Goiás.

A obra deveria ter sido feita antes da construção do viaduto, conforme relata a gerente da Saneago de Anápolis, Tânia Valeiano. “Em 2015, após o anúncio da construção deste viaduto, a Saneago solicitou o projeto de remanejamento das redes à Prefeitura e alertou para que as obras não fossem iniciadas sem este planejamento”, explicou Tânia. Mesmo assim, ela diz, as obras começaram.

“Quando constatamos que ela já estava em fase final, mas a adequação não tinha sido feita, chegamos a procurar o Ministério Público, mas a empresa terceirizada se posicionou dizendo que ainda estava prevista no cronograma e que seria realizada”, pontuou. Ela ressalta que partiu do atual prefeito, Roberto Naves, a determinação de, finalmente, realizar a intervenção por completo, pois a empresa, nesta altura do campeonato, propôs solução paliativa, contrariando todas as orientações da Saneago.

Trânsito no viaduto continuará liberado

Conforme planejamento divulgado pela Prefeitura, a obra será dividida em duas etapas, a intervenção não impacta o trânsito no viaduto Deocleciano Moreira, que permanece livre durante todo o período de obras. Na primeira, será interrompida apenas a quadra da Avenida Brasil Sul, entre a Rua Barão do Rio Branco e a Avenida Goiás. Ou seja, só estará interrompido o tráfego para quem quiser passar pela lateral do viaduto no sentido norte-sul.

Na segunda etapa, será fechada a Avenida Brasil Sul desde o cruzamento da Avenida Goiás, até a frente da sede da Prefeitura. A Avenida Goiás será interrompida nos sentidos centro-bairro e bairro-centro. Quem tiver o costume de acessar o centro da cidade pelas vias interditadas pode desviar para rotas alternativas pela avenida Fayad Hanna e rua Amazílio Lino Souza, além da rua Aluísio Crispim — paralela à rua Barão do Rio Branco, que também dá acesso à Avenida Senador José Lourenço dias, a Contorno. Quem está vindo no sentido oposto, sentido centro-bairro, pode trafegar tanto pela Rua Barão do Rio Branco, quanto pela Amazílio Lino e Fayad Hannah.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.