Com “mais chances de agradar”, O Pequeno Segredo vai representar Brasil no Oscar

Para comissão que escolheu filme, obra de David Schurmann tem perfil mais parecido com o da Academia. Aquarius está fora

Foto: Divulgação

Filme é inspirado na irmã adotiva de David Schurmann, morta em 2006, que era portadora do vírus HIV | Foto: Divulgação

O representante brasileiro no Oscar de 2017 não vai ser, ao contrário do que esperavam alguns, Aquarius. Nesta segunda-feira (12/9), a comissão que escolhe o filme indicado para concorrer a uma das vagas da categoria Filme Estrangeiro anunciou que quem ganhou a disputa foi O Pequeno Segredo, com direção de David Schurmann.

Segundo o produtor Beto Rodrigues, um dos membros que escolheu a obra, O Pequeno Segredo foi escolhido não só por critérios técnicos e artísticos, mas também porque, na opinião do grupo, seria mais adequado ao gosto da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que organiza a premiação: “Além dos critérios óbvios – técnicos e artísticos – existia também um pensamento de tentar escolher um filme que chegasse nos americanos e tivesse mais chance de agradar”.

Outro membro da comissão, o crítico Marcos Petrucelli, minimizou a popularidade de Aquarius, ao defender a opção feita pelo grupo. Para ele, a obra de Kleber Mendonça Filho fez muito barulho porque, ao contrário de O Pequeno Segredo, que só vai ser lançado no dia 22 de setembro, já foi visto no festival de Cannes.

Petrucelli teve sua atuação na Comissão questionada porque ele já havia feito críticas a Aquarius em seu Facebook, depois que o diretor e o elenco do filme protestaram contra o impeachment em Cannes. Ele garantiu, no entanto, que sua discordância política não influencia na análise da obra.

O Pequeno Segredo

A obra que representará o Brasil trata da família Schurmann, que navega pelo mundo todo e adota uma menina chamada Kat. A personagem é inspirada na irmã adotiva do diretor, que, antes de falecer, em 2006, portava o vírus HIV. O elenco conta com Julia Lemmertz, Maria Flor, Fionnula Flanagan, Marcello Antony, Erroll Shand e Mariana Goulart.

O anúncio final dos filmes que irão concorrer será feito pela Academia no dia 24 de janeiro.

Veja o trailer do filme:

Deixe um comentário

wpDiscuz