Cliente acusa Jerivá de maus-tratos contra animais

Funcionário teria colocado três gatos em um saco com a intenção de jogá-los no lixo. Gerente diz que desconhece o caso e reitera que esta não é a conduta da empresa

Este slideshow necessita de JavaScript.

A rede de restaurantes Jerivá é alvo de polêmica depois que uma internauta postou nas redes sociais uma denúncia de maus tratos contra três gatos. Segundo o relato publicado no Facebook, um funcionário da unidade da BR-060 do sentido Goiânia teria colocado uma gata e seus dois filhotes dentro de um saco “para jogar no lixo”.

A cliente teria ouvido o funcionário dizer que “tinha que dar um jeito neles, não podiam ficar mais lá”.Segundo a autora da “denúncia”, a cliente pegou os gatos e os trouxe para Goiânia, onde segundo ela, receberão “tratamento decente, castração e um lar”.

Leia o relato:

relato-jeriva

Em resposta o gerente do Jerivá, Antônio Fortunati afirma que desconhece o caso e que jamais teria qualquer orientação do restaurante nesse sentido. “Por ser um local com comida, muitas vezes os próprios clientes alimentam os animais, então é comum que eles apareçam. Mas nunca maltratamos ou fizemos mal a nenhum deles. Obviamente, diante da denúncia, vamos apurar a informação, para sabermos se de fato ocorreu e se foi mesmo um dos nossos funcionários e, a partir daí, tomar as providências necessárias.”

Nas redes sociais, o perfil oficial se pronunciou sobre o tema. “Ficamos muito tristes com seu relato e reforçamos que essa não é a conduta da empresa. Em nossas redes você pode observar que inclusive adoramos todos os animais. Porém temos funcionários com as mais distintas culturas e formações”, diz as mensagens

Atualizada às 11h50 de sexta-feira (9/12) para acréscimo de informação

Na manhã desta sexta-feira (9/12), o restaurante Jerivá, por meio de assessoria de imprensa, encaminhou nota na qual afirma que não houve maus-tratos aos animais e explicou o procedimento de retirada de animais que eventualmente são encontrados nas dependências do restaurante. Leia na íntegra.

A respeito da matéria publicada no Jornal Opção, o Restaurante Jerivá vem a público para reforçar que não houve maus-tratos aos animais citados na reportagem, como não existe essa conduta com nenhum outro, pois prezamos pelos valores de nossos clientes, incluindo o respeito aos animais.
O que ocorreu foi que a gata e os filhotes relatados na reportagem estavam circulando pelas áreas comuns da praça de alimentação, o que gerou reclamações de alguns clientes. Por isso, nossa conduta foi retirar os animais. Ressaltamos, porém, que em nenhum momento essa retirada foi feita com abusos.
Assim já aconteceu quando outros animais foram retirados da praça de alimentação e levados para um ambiente bem próximo, na nossa fazenda. Lá mesmo, nosso próprio público interno composto de funcionários, fornecedores e até mesmo clientes se dispõem voluntariamente a cuidarem e até mesmo adotarem os bichinhos.
Temos muito orgulho de nossos funcionários! Caso algum ato ou ação não condizerem com nossos valores, temos o compromisso de reforçar nossos treinamentos e evoluir juntos. Especificamente sobre a retirada dos gatos estamos abertos a sugestões, inclusive dos órgãos responsáveis, sobre a melhor forma de proceder caso o fato se repita. É importante ressaltar que estamos às margens da rodovia e que, lamentavelmente, esta muitas vezes é local de abandono de animais, como foi o caso desta gata e filhotes.
Ademais, informamos que a cliente citada na reportagem entrou em contato conosco logo após o fato e foi atendida por um de nossos gerentes, que reforçou o explicitado acima e deu detalhes de como procedemos e como cuidamos dos animais que surgem em nosso espaço, por se tratar de uma loja em via pública e aberta.
No mais, nos colocamos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.
Obrigado!

Restaurante Jerivá

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.