Cerca de 100 pacientes ficam sem tratamento radioterápico no Hospital Araújo Jorge

O local possui somente duas máquinas. Com uma delas estragada, não houve possibilidade de remanejar os enfermos

Além de lidar com o drama do câncer, pacientes do Hospital Araújo Jorge que realizam tratamento de radioterapia se deparam ainda com problemas de infraestrutura na instituição. Cerca de 100 pacientes foram dispensados após a fonte de uma das máquinas queimar na manhã desta quinta-feira (4/9). De acordo com a assessoria, um técnico já está fazendo uma avaliação a fim de constatar se o aparelho poderá voltar a funcionar ainda nesta quinta-feira.

O local, até um mês, possuía três máquinas em funcionamento: uma de 28 anos e outras duas, de aproximadamente 15 anos. A mais velha foi substituída por uma nova, que ainda não está instalada. Algumas vistorias ainda devem ser feitas, segundo assessoria da entidade, para que passe a funcionar. Das duas máquinas, uma atende cerca de 80 a 100 pacientes diariamente, enquanto a outra atende 120.

No total, a área de radioterapia do Hospital Araújo Jorge, instituição filantrópica, atende aproximadamente 350 pessoas por dia, sendo que funciona os três turnos – fechando por volta das 3h, para abrir às 6h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.