A medida faz parte das diretrizes de enfrentamento de uma situação de escassez hídrica no período de estiagem de 2018

Foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (6/7) a portaria que reduz pela metade os volumes captados outorgados ou dispensados de outorga na Bacia Hidrográfica do Rio Meia Ponte para todos os usos, exceto abastecimento público e dessedentação animal.

A medida faz parte das diretrizes de enfrentamento de uma situação de escassez hídrica no
período de estiagem de 2018 e já estava prevista no Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Meia Ponte depois que a Saneago verificou que a vazão de escoamento do manancial ficou abaixo dos seis mil litros por segundo.

Além disso, a partaria suspende a emissão e  renovação de outorgas de direito de uso de recursos hídricos na porção da bacia hidrográfica a montante do ponto de captação da Saneago em Goiânia,  também exceto para fins de consumo humano e de dessedentação animal.