Candidata da Rede em Goiânia destaca presença feminina na política

Maria Ester salienta que há espaço para composição com outros partidos e espera o fim das convenções

Em convenção na início da noite desta terça-feira, 1, a Rede Sustentabilidade confirma o nome da arquiteta e urbanista Maria Ester como candidata à prefeitura de Goiânia. No entanto, há diálogo e espaço para composição nas eleições majoritárias.

Maria Ester diz que é preciso aguardar as convenções dos outros partidos para alianças. Ela salienta que por parte da sigla, não há rigidez ou fechamento em relação a diálogos ou possíveis composições com outros partidos.

A plataforma da Rede se baseia em acesso à cidade para todos os moradores. Com isso, prevalece o conceito de que é preciso ter transporte coletivo digno, praças públicas para usos comuns, escolas, hospitais e creches próximas às áreas residenciais.

“Diminuir a desigualdade social de acesso a esses equipamentos seria uma bandeira. Outra é a qualidade do transporte público e do trânsito. O transporte coletivo tem uma carência muito grande pela forma como é construído e mantido. Vamos trabalhar um novo projeto para o sistema de transporte. E, aliado a isso, o trânsito, pois temos um dos mais violentos do Brasil.

Ela afirma ainda que o fato de ter um representante em Brasília que referenda “machos e machistas” deu voz a uma “legião de homens violentos” o que fez com que a violência contra a mulher não diminuísse nos últimos anos.

“O fato de eu ser mulher pode dar voz e abrir espaço para que algumas outras lideranças mulheres se sintam fortalecidas e venham trabalhar com a gente. As políticas públicas já existem […], mas não sai do papel”, aponta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.