Câmara rejeita requerimento de abertura de impeachment contra o prefeito Vinícius Luz

A maioria dos  vereadores entendeu que o processo não tinha fundamento para prosseguir

Prefeito de Jataí, Vinicius Luz | Foto: Divulgação

O planário da Câmara Municipal de Jataí rejeitou o requerimento que solicitava a abertura de pedido impeachment contra o atual prefeito Vinícius Luz (PP). A maioria dos vereadores – 5 votos contra, 3 a favor e uma abstenção – entendeu que não havia fundamento suficiente para que o processo prosseguisse.

Segundo informações do site da Câmara, o advogado Ceyth Yuami “solicitou abertura de processo de impeachment do prefeito por supostos tráfico de influência, exploração de prestígio e ingerência na administração pública”.

Ainda segundo o site, a Procuradoria Jurídica da Câmara apresentou parecer contrário à aceitação do pedido, “por estar ausente a tipificação de fatos que configuram infrações político-administrativas por parte do chefe do poder executivo municipal”. 

Segundo a assessoria do prefeito, o processo do advogado tinha como base a intercessão e apoio do chefe do executivo em relação a uma mãe solo e quatro filhos, em situação de pobreza e vulnerabilidade. No início de agosto, a família seria despejada de sua residência, que está em posse do Município. O prefeito, no entanto, solicitou um prazo maior para garantir assistência da família.

Em entrevista ao Jornal Opção, o prefeito Vinícius, ao comentar a rejeição do requerimento, assinalou que tinha tranquilidade de que o requerimento seria rejeitado porque “o pedido foi um absurdo, ridículo, na verdade, ao me acusar de tráfico de influência porque estava defendendo uma família que estava sendo despejada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.