Caiado entrega pacote de benefícios ao setor agropecuário

Governador assinou autorização para processamento de compra de cerca de 500 equipamentos, no valor total de R$ 71,4 milhões

Governador Ronaldo Caiado | Foto: Lívia Barbosa

Durante evento “O Agro é de Todos”, realizado na manhã desta quinta-feira, 30, o governador Ronaldo Caiado (DEM) assinou autorização para processamento de compra de cerca de 500 equipamentos, no valor total de R$ 71,4 milhões, com recursos da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) e da bancada federal goiana, beneficiando mais de 130 municípios.

Os recursos são destinados à aquisição de retroescavadeiras, motoniveladoras, pás-carregadeiras, tratores, implementos e caminhões-pipa, além de caminhões de lixo, que serão utilizados no primeiro programa do Estado de coleta de lixo no meio rural, com o objetivo de combater queimadas de detritos que podem provocar incêndios no campo.

Os novos equipamentos servirão à recuperação de estradas de acesso às propriedades rurais e manejo de água e solo, além de serem utilizados na produção agropecuária, contemplando todos os itens necessários para preparo, plantio e colheita em pequenas, médias e grandes propriedades rurais.

“Esse dinheiro havia desaparecido, o último governador tinha perdido R$ 71 milhões. Ninguém mais acreditava que esse dinheiro voltaria para os cofres do Estado de Goiás e para as prefeituras em forma de implementos, como tratores, caminhões agrícolas, tudo aquilo que vai levar apoio ao setor rural, ao agricultor e ao cidadão que ali mora”, argumentou o governador.

Foram entregues, ainda, mais de 60 títulos de domínio em terras devolutas, para regularização fundiária. Os processos de emissão do título de domínio da área nas terras devolutas em condições de regularização foram acelerados nos últimos meses antes da pandemia, para mobilizar os interessados, sanar dúvidas e orientar a respeito dos procedimentos necessários para a resolução da demanda que se arrastava nas últimas gestões.

Em seu pronunciamento, o titular da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Nelson Vieira, ressaltou que há R$ 79 milhões em emendas destinadas ao segmento em processo de licitação, e assegurou que o investimento em infraestrutura é uma das prioridades do órgão, melhorando a mobilidade e a vida das comunidades rurais, e incentivando a produção. Vieira observou ainda que Goiás tem inovado no segmento da tecnologia da informação e que um acordo de cooperação técnica entre a Sudeco e o Estado está sendo firmado.

Descentralização dos incentivos

O termo de cooperação entre o Governo de Goiás e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) também foi celebrado no evento. O documento prevê um protocolo de ações prioritárias para a atuação da Codevasf em Goiás, incluindo a implantação de Polo de Fruticultura Irrigada na região Nordeste do Estado, especificamente na região denominada Vão do Paranã.

“Quando entrei no governo, os incentivos fiscais eram apenas para cidades próximas a Goiânia. O empresário montava as maiores indústrias aqui para poder estar perto da capital. Comigo isso acabou”, garantiu o governador ao enfatizar que o Estado tem trabalhado arduamente para o desenvolvimento das regiões Nordeste e Norte de Goiás.

Serão disponibilizados R$ 13 milhões aplicados em um estudo de viabilidade econômica no Projeto de Assentamento Santa Maria, em São João D’Aliança, com 168 famílias; e no Projeto de Assentamento Bom Sucesso/Santa Cruz, em Flores de Goiás, com 72 famílias; além da revitalização da Barragem do Rio Paranã, que engloba os municípios de Formosa, São João D’Aliança e Flores de Goiás. O propósito é promover a inserção de produtores rurais familiares no sistema produtivo de frutas, com aproveitamento da mão de obra familiar, melhoria das condições de vida e ascensão social.

Também foi assinado Termo de Cooperação Técnica e Financeira para o Banco de Alimentos entre Ceasa-GO e OVG, que vai atuar no combate ao desperdício, na diminuição da desigualdade e na ampliação da acessibilidade a alimentos de qualidade à população em condições de vulnerabilidade alimentar e nutricional em todo o Estado.

Líder da bancada goiana na Câmara Federal, a deputada Flávia Morais comemorou os resultados positivos do segmento e sublinhou a seriedade do Governo do Estado na gestão dos recursos públicos. “Aqui nós temos um governador inteligente, articulado, corajoso, bem intencionado e responsável com o nosso povo de Goiás. O Estado não poderia estar em melhores mãos nesse momento”, asseverou Flávia.

Outras ações

Durante o evento, Ronaldo Caiado assinou ainda o termo de entrega de nove distribuidores de calcário, provenientes de contrato de repasse celebrado entre o Governo de Goiás e o antigo Ministério do Desenvolvimento Agrário (hoje incorporado ao Mapa). Os implementos visam à melhoria da capacidade produtiva da agricultura familiar nos municípios de Araguapaz, Aruanã, Britânia, Crixás, Faina, Matrinchã, Mundo Novo, Nova Crixás e Uirapuru. Também foram entregues 22 veículos para a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), além de notebooks e bens diversos, ampliando a frota no interior do Estado e garantindo a melhoria no atendimento, na assistência técnica e no suporte ao produtor rural.

Foi divulgada, ainda, a instalação de equipamentos de internet Satelital na sede de dez assentamentos rurais nos municípios de Divinópolis de Goiás, Palmeiras de Goiás, Formosa, Cristalina, Amaralina, Crixás, Flores de Goiás, Cocalzinho de Goiás e Bonópolis, por meio de parceria firmada entre a Seapa, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). “Vamos mudar o Estado de Goiás, levar desenvolvimento para todas as regiões e melhorar a vida do cidadão”, comprometeu-se Caiado.

Além disso, Goiás segue com ótimos resultados no cumprimento das metas determinadas pelo Mapa no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA). Na solenidade, o presidente da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), José Essado, apresentou aos presentes o balanço final da 1ª etapa de vacinação contra a febre aftosa no Estado, encerrada no dia 31 de maio. Na época do fim da campanha, o índice registrado de alcance foi de 99,08%. Após as avaliações dos números, houve aumento no índice do rebanho imunizado. Segundo ele, “foi um sucesso, apesar dessa pandemia, desse tempo crítico, nós conseguimos alcançar um percentual muito bom. Hoje já estamos com 99,39%, o que representa quase 22,5 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.