A cada cinco armas apreendidas em Goiás, uma é de calibre restrito

Estudo divulgado pela SSP mostra que maioria do armamento apreendido no Estado foi fabricado no Brasil antes da promulgação do Estatuto de Desarmamento

Ricardo Balestreri, secretário de Segurança Pública de Goiás | Foto: Divulgação / SSP-GO

Dados divulgados na manhã desta quinta-feira (8/2) pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás mostram que a cada cinco armas apreendidas no Estado, uma é de calibre restrito,

O estudo sobre o perfil e a origem das armas de fogo apreendidas em ações de repressão ao crime em Goiás no período de julho de 2016 a julho de 2017 foi apresentado pelo secretário da SSP, Ricardo Balestreri. Trata-se do primeiro estudo brasileiro a identificar esses números a nível estadual.

Os dados de mais de 6 mil armas de fogo (artesanais e industriais), bem como simulacros apreendidos pelas polícias goianas durante o período de um ano foram analisados em parceria com o Instituto Sou da Paz.

Foi possível analisar o ano de fabricação de quase 2 mil armas que tinham numeração de série padronizada, mostrando que aproximadamente 70% delas são antigas e foram fabricadas antes de 2003, quando foi promulgada lei mais rígida de controle de armas conhecida como Estatuto do Desarmameto.

“Este é um dado que demonstra o impacto que uma política de controle do mercado legal tem sobre o mercado de armas usadas em crimes”, diz Balestreri.

Na ocasião, Balestreri também apresentou balanço das ações realizadas no período que está à frente da SSP (março de 2017 a fevereiro de 2018). “Em que pesem as dificuldades que vivenciamos na segurança pública do Brasil, Goiás deu passos importantes e mostrou possibilidades reais para a redução da violência”, destacou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.