Brasil vai negar visto de americano que ministra palestras sobre forma de “pegar” uma mulher

Julien Blanc tem sido duramente criticado em todo o mundo. As formas de “conquista” apresentadas por ele são agressivas e humilhantes

No Itamaraty tem circulado informações de que o americano Julien Blanc, que viria ao Brasil para ministrar uma palestra para ensinar técnicas de como “pegar mulher”, terá o seu visto negado. A informação foi inicialmente divulgada pela Marie Claire. De acordo com a publicação, um diplomata afirmou que recebeu uma circular interna do Itamaraty que foi encaminhada para todos os postos consulares, dizendo que caso Julien faça pedido de visto, ele deverá ser negado.

Uma petição, que já possui mais de 200 mil assinaturas, tem sido compartilhada na internet pedindo que a Polícia Federal e o Itamaraty neguem a entrada do americano no Brasil. A vinda de Julien está programada para janeiro de 2015, em Florianópolis e no Rio de Janeiro. O curso custa US$ 2,5 mil. O americano esteve na Austrália na última semana, mas foi deportado devido a um abaixo assinado com 46 mil assinaturas. O palestrante também enfrenta ações contrárias no Reino Unido, onde também está sendo assinada uma petição que alcançou 75 mil assinaturas.

Blanc é um “instrutor” que ensina homens a “conquistarem” mulheres. Ele, que se descreve como “o líder internacional em conselhos de namoros”, afirma que as técnicas fazem mulheres pedirem para dormir com os homens. Os métodos envolvem violência e humilhação, como beijar a força ou empurrar a cabeça da mulher em direção ao pênis. Ele afirma que os homens devem ignorar quando as mulheres dizem “não” à uma investida sexual, e continuarem insistindo. Para atrair mulheres, ele sugere que o homem diminua sua autoestima e faça com que ela tenha medo.

Um vídeo de parte de uma palestra de Blac foi divulgado, em que o americano fala sobre as mulheres de Tóquio. Relembrando sua visita à capital do Japão, Julien afirma que “se você é um homem branco em Tóquio, você pode fazer o que quiser”. “É só agarrar e para tirar um pouco da tensão dizer Pikachu, ou algo assim. Então fiquei andando pela ruas apenas pegando cabeças e colocando no meu pênis”, afirmou. Veja o vídeo abaixo:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.